Manchinha no coração

Manchinha só queria brincar

E apesar de todo o seu pesar

Alegria ela queria espalhar

Jamais poderia imaginar

Que aquele objeto a lhe chamar

Não era para brincar

Era para te matar

Manchinha foi festejar

Com seu rabo a abanar

E, com a inocência no olhar

Sua morte foi encontrar

Manchinha, eu só queria te abraçar

Te beijar

Te acalmar

Poder te falar

Que a paz você vai encontrar

Que ninguém mais vai te judiar

E que novas vidas você vai iluminar

Por onde você andar

Que o céu possa te ofertar

Aquilo que não soubemos valorizar

A forma mais pura de amar!